A Semana do Caminhar é um evento anual nacional criado e coordenado pelo Instituto Caminhabilidade, para colocar na agenda a mobilidade a pé e celebrar esta forma de se deslocar e estar nas cidades.

É uma oportunidade de chamar a atenção para a maneira mais sustentável, saudável e social de se deslocar, que precisa ser valorizada e promovida nas nossas cidades. Em 2024, o tema é Periferias a Pé, que irá discutir a descentralização das ações para a caminhabilidade, propondo soluções nas periferias das cidades brasileiras.

A Semana do Caminhar é realizada anualmente desde 2017, sempre incluindo o Dia Mundial do Pedestre, comemorado em 8 de agosto. O evento é guiado através de um tema escolhido junto às organizações parceiras, que também promovem atividades e divulgam a Semana nas suas cidades.

As três frente principais são: agenda de eventos conjunta, campanha nas redes sociais e concurso/desafio.

Os temas das sete edições já realizadas foram: 2017 – Caminhar dá liga; 2018 – Poder caminhar; 2019 – Aprender caminhando; 2020 – Re-caminhar coletivo; 2021 – Passos e espaços verdes; 2022 – O Retorno (às ruas); 2023 – Cidades de 15 Minutos. A partir deles, foram definidas as campanhas temáticas realizadas nas redes sociais, os concursos de fotos/desafio e as atividades promovidas pelas parceiras, como oficinas, passeios, palestras, exposições e ações no espaço público. 

O evento também tem frentes para dialogar e construir junto com a gestão pública e quem toma decisões, ora podendo ser signatários e se comprometer com o tema, ora promovendo atividades nas cidades. A possibilidade de unificar e articular diversos territórios do país em discussões e atividades temáticas por uma semana exprime o potencial do evento como propulsor de mudanças urbanas, sociais e políticas, tanto por integrar realidades diferentes, como por promover trocas entre pessoas, instituições e o poder público. 

Desafios atuais ou continuidade

O maior desafio da Semana do Caminhar é se financiar através de apoio e patrocínios para poder ter maior alcance.

Pessoas e organizações envolvidas
  • Instituto Caminhabilidade, que coordena e articula organizações de todo o país.
Objetivos
  • Chamar a atenção para o caminhar, colocando o assunto nas agendas midiáticas e programáticas. Celebrar o caminhar e fortalecer quem atua para isso. Engajar mais pessoas na atuação por cidades caminháveis.
Estratégias e ações
  • Articulação e engajamento do evento anual, campanha nas redes sociais, pautas para a mídia e atividades. 
Datas
  • Anualmente, desde 2017 – acontece na semana do Dia Mundial do Pedestre (8 de agosto).
Financiamento
  • Próprio
  • Já teve apoio do SESC e do Instituto Vedacit.